Declaração simplificada ou completa, qual a melhor opção?

👉 Modelo Completo de declaração do IR
.
O modelo completo é o mais indicado para pessoas que possuem mais despesas dedutíveis, ou seja, para o contribuinte que possui gastos regulares com educação e saúde, por exemplo.
.
Isso porque as despesas dedutíveis são aquelas que podem ser abatidas da base de cálculo da apuração final do seu Imposto de Renda. Por isso, é necessário analisar suas despesas antes mesmo de tomar uma decisão em relação a qual modelo adotar.
.
Para facilitar, confira algumas despesas que podem ser subtraídas da base de cálculo do IR 2020:
.
– Despesas com saúde
– Despesas com educação
– Previdência privada
– Livro-caixa de profissionais liberais ou autônomos
– Honorários advocatícios, quando houver verba tributável
– Despesas de quem recebe aluguel
– Doações
.
Vale notar ainda que as despesas mencionadas podem ser do contribuinte e, caso possua, de seus dependentes. Percebeu que você e seus dependentes possuem muitas despesas dedutíveis? Então declare seu IR no modelo completo.
.
👉 Modelo simplificado de declaração do IR
.
O modelo simplificado, por sua vez, é recomendado para contribuintes que não possuem um número considerável de despesas dedutíveis. Pois nesse modelo é possível utilizar um desconto padrão de 20% em todos os rendimentos tributáveis do ano-calendário da declaração.
.
Em outras palavras, ao optar por esse formato de declaração, será possível utilizar um desconto de no máximo R$ 16.754,34 – o que pode ser positivo, caso você não possua despesas suficientes para abater no mínimo 20% do seu IR.
.
Portanto, se ao analisar suas despesas e receitas do ano anterior, você percebeu que tem poucas despesas dedutíveis, escolha o modelo simplificado para encaminhar sua declaração do Imposto de Renda.

Compartilhe

Facebook
LinkedIn
Pinterest

Veja também

Galeria

Posts Relacionados

Veja abaixo mais Notícias para o seu negócio